CRÍTICA x ELOGIO: O QUE FUNCIONA MAIS NA LIDERANÇA DE UM TIME?

CRÍTICA x ELOGIO: O QUE FUNCIONA MAIS NA LIDERANÇA DE UM TIME?

“Qual a forma mais eficiente de gerir meu time: no amor ou na dor, ou seja, na base do elogio ou da crítica?”

Se você já se fez essa pergunta, fica comigo nesse vídeo, pois eu vou te revelar um estudo que pode verdadeiramente transformar o seu poder de liderança com as pessoas que te seguem.

E eu resolvi abordar este tema, porque, já vi muito líder dizer que o time dele só se move na base da porrada.

Eu, por exemplo, tenho a oportunidade de participar de um grupo de whatsapp da minha linha ascendente, e nesse grupo tem alguns líderes ali, e tem um líder em específico, não do mesmo patamar que o meu, mas um patamar relevante dentro do negócio que direto compartilha áudios que ele envia para a equipe.

E existe um padrão em todos os áudios que ele envia, um padrão de linguagem no sentido de que: se não aguenta pressão, sai que esse negócio não é para você.

Eu, também, por diversas vezes cometi o erro de ser um apontador de defeitos do meu time, não podia ver alguém fazendo algo de errado que lá estava eu para dar sermão.

Por diversas vezes eu achei que mostrando para a pessoa os pontos falhos dela, mostrando a ela o que não fazer, isso seria o suficiente para ela tomar consciência e mudar.

Linha de Losada

E eu agi assim durante muitos anos e descobri que muitos líderes agem assim porque eles acreditam que só deve elogiar um liderado se ele fizer algo fora da média.

Afinal de contas por que elogiar alguém que fez somente aquilo que era sua obrigação?

Um psicólogo e Phd chamado Marcial Losada, publicou um estudo conhecido como Linha de Losada onde ele sugere que se você quiser extrair o máximo de produtividade do seu time você deve considerar, no mínimo, 3 interações positivas para cada interação negativa.

E hoje vou te explicar o porquê isso está bem errado!

 

Ou seja, quer ver seu time produzir o máximo possível? ELOGIE MAIS E CRITIQUE MENOS!

Se, por exemplo, você é o tipo de pai que, normalmente, espera o seu filho tirar uma ótima nota para elogiar; saiba que um pai sábio, começa a elogiar o filho antes da prova, justamente, para aí sim ele tirar uma boa nota.

A regra é: primeiro eu elogio e aí sim eu colho os frutos.

Mas essas interações positivas que o Losada sugere, não, necessariamente precisam restringir a elogios, podem ser expressões no geral como sorrisos e até mesmo um simples tapinha nas costas.

Da mesma forma que uma interação negativa, não se restringe a um feedback mais duro, expressões faciais e até mesmo a indiferença são consideradas interações negativas.

Lembre-se as pessoas são seres emocionais. Um feedback pode até colocar alguém no rumo, mas o elogio que é o combustível para que ele possa seguir nesse rumo.

Se você curtiu esse conteúdo duplique para toda a sua equipe.

Um forte abraço!

© copyright 2018 - Fellipe Morais

todos os direitos reservados

OS 7 ERROS MAIS COMETIDOS AO FAZER UM CONVITE

OS 7 ERROS MAIS COMETIDOS AO FAZER UM CONVITE

Hoje quero falar com você sobre 7 erros ao fazer um convite que podem estar impedindo você de cadastrar mais pessoas.

Eu resolvi falar sobre isso porque por diversas vezes já aconteceu comigo de ao fazer um convite eu falar algo que faz com que a pessoa do outro lado da linha se feche completamente a ouvir o que tenho a dizer.

A boa notícia é que eu mapeei o porquê isso ocorre e quais são essas falas.

Isso ocorre porque existem palavras e frases que ao serem pronunciadas despertam, automaticamente, uma barreira no seu prospecto.

E depois que essa barreira é criada, não adianta, por melhor que seja a sua proposta de negócios eles vão se fechar para ouvir.

Fellipe, e como resolvo isso?

Sabendo quais são essas falas e erros, e tomar o cuidado para não cometê-los na próxima vez que ligar para prospectar alguém.

1 – FALAR TUDO AO TELEFONE

Esse é o primeiro e maior erro que as pessoas cometem. O erro de misturar o convite com a apresentação em si.

Lembre-se você ligou para prospectar, ou seja, para gerar curiosidade e identificar um dor, não para falar sobre o negócio.

Mas Fellipe porque não posso apresentar o plano pelo telefone?

Porque em uma comunicação efetiva, somente 45% diz respeito ao que você e ao como você fala, ou seja, você vai perder 55% que é a sua comunicação não verbal, do seu poder de fogo. Portanto TENHA PRESSA, SEJA BREVE.

2- FALAR SOBRE GANHAR MUITO DINHEIRO

Ao falar sobre ganhar dinheiro e o pior sobre ganhar muito dinheiro, você ativa na pessoa um GATILHO MENTAL NEGATIVO.

Pois 90% das pessoas associam ganhar muito dinheiro com algo ilícito, ela passou a vida inteira dela construindo e reforçando uma crença de que é muito difícil ganhar dinheiro, portanto, quem ganha é porque está fazendo algo errado, muita gente chega a ter raiva de quem tem muito dinheiro.

3 - FALAR QUE É VENDAS

Quando você fala que é vendas você também ativa um GATILHO MENTAL NEGATIVO.

Isso ocorre porque as pessoas têm uma imagem pré-estabelecida a respeito de VENDEDORES:

  • Pensam que é para quem já está no final de carreira quando já se tentou de tudo;
  • Pensam que vão viver de bater de porta em porta;
  • Pensam que vão ter que sempre andar suados no sol saindo para vender;
  • Pensam que vão ter que se tornar pessoas chatas e insistentes.

4 – FALAR QUE É UM NEGÓCIO

O mesmo ocorre quando você fala que é um negócio, as pessoas logo associam um negócio a:

  • Ter que investir muito dinheiro;
  • Ter que investir muito tempo e esforço;
  • Ter que ter conhecimento avançado;
  • Ter que correr muitos riscos.

5 – FALAR QUE É HINODE

Quando você fala que é Hinode, por causa do atalho mental da associação, a pessoa logo te associa as pessoas que ela conhece que já trabalham nessa área, lembrando que isso acontece em todas as áreas (inclusive se quiser saber qual a melhor resposta quando te perguntam com o que você trabalha só clicar aqui.

6 – LIGAR SENTADO

O COMO você fala é 5x mais importante do que O QUE você fala. Portanto, não faz sentido você ligar para alguém sentado.

Quer fazer um convite com o máximo de energia? Faça o convite em pé, e de preferência, andando de um lado para o outro.

7 – APROVEITAR A LIGAÇÃO PARA FALAR SOBRE OUTRO ASSUNTO

E o último grande erro que as pessoas cometem é ligar para prospectar e acabar emendando outro assunto na ligação. Não faça isso, seja o mais breve possível. As pessoas admiram pessoas ocupadas. Escassez gera valorização.

Se essa estratégia fez sentido para você, deixar um comentário e um like e duplique para toda a sua equipe para que eles também possam aprender com esse conteúdo.

Um forte abraço e até a próxima!

© copyright 2018 - Fellipe Morais

todos os direitos reservados

NUNCA CONVIDE ALGUÉM NO MMN SEM ANTES SABER DISSO

NUNCA CONVIDE ALGUÉM NO MMN SEM ANTES SABER DISSO

Hoje vou te ensinar a forma mais efetiva de convidar alguém para o seu negócio de marketing de rede.

Durante muito tempo na minha carreira ao convidar as pessoas para conhecerem minha oportunidade de negócios eu falava algo do tipo:

“Fulano, acredito que encontrei algo que pode ser uma ótima segunda fonte de renda pra gente, quero conversar com você a respeito, como está sua agenda amanhã a noite?”

E muitas das vezes que eu fazia isso ouvia algo do outro lado da linha como: Ah cara eu não estou afim de trabalhar mais ou não estou interessado nisso.

Talvez isso também já tenha acontecido com você. Deixa eu te explicar onde é que nós errávamos.

Temos a mania de achar que as pessoas, no geral, estão em busca de alguma ferramenta ou algum meio para realizar os seus sonhos, achamos isso porque acreditamos que as pessoas se movem por causa dos seus sonhos.

A grande questão é que ao longo dos anos descobri que as pessoas se movem muito mais para se afastarem de uma DOR do que para conquistarem um PRAZER.

A partir do momento que descobri isso tudo mudou. Agora toda vez que vou convidar alguém, eu primeiro contato ela, porque contactar é diferente de convidar.

O contato tem um único objetivo: Descobrir uma dor. Eu nunca convido alguém que não me fale pelo menos uma dor dela.

Fellipe, e na prática como você faz isso?

Eu elaborei 5 perguntas que sempre faço em um contato que me ajudam a identificar a dor da pessoa.

As perguntas são:

  1. Você se vê se aposentando fazendo o que faz hoje?
  2. Você imagina que ganha exatamente o quanto merece ganhar?
  3. Como você imagina que estará sua vida daqui há 5 anos se você continuar fazendo as mesmas coisas que faz hoje?
  4. Depois que você paga todas as suas contas quanto que sobra para você realizar seus sonhos?
  5. Se você tiver que se afastar do seu trabalho durante 6 meses como ficaria a situação financeira sua e da sua família?

Através dessas perguntas você vai trazer consciência para uma dor que ela tem, mas que estava encoberta e a partir daí, somente depois de descobrir a dor é que você faz o convite.

Se essa estratégia fez sentido para você, deixar um comentário e um like e duplique para toda a sua equipe para que eles também possam aprender com esse conteúdo.

Um forte abraço e até a próxima!

© copyright 2018 - Fellipe Morais

todos os direitos reservados

E QUANDO TE PERGUNTAM: COM O QUE VOCÊ TRABALHA?

E QUANDO TE PERGUNTAM: COM O QUE VOCÊ TRABALHA?

Nesse texto vou te ensinar a maneira mais simples, inteligente e estratégica possível de responder essa pergunta e deixar qualquer pessoa louca para ouvir sobre a sua oportunidade de negócio.

Eu estou fazendo este conteúdo porque durante muito tempo, quando me perguntavam com o que eu trabalhava eu respondi coisas do tipo: marketing multinível, marketing de rede, faço Hinode, ou sou empresário.

E o grande problema é que toda vez que eu respondia isso a pessoa já perdia o interesse em me ouvir. E por isso eu não conseguia dar sequência na conversa.

Isso acontece porque o nosso cérebro tem a mania de criar atalhos mentais, ele faz isso para poupar o máximo de energia possível.

Então toda vez que você pergunta a alguém o que ela faz e ela responde por exemplo, ah sou um dentista.

Sabe que o seu cérebro faz? Ele vai lá e ENCAIXOTA aquela pessoa na caixinha dos dentistas.

Ou seja, ele agora olha para você e pode pensar: bem, ele trabalha em um consultório, veste de branco, trabalha tantas horas por dia, fica o dia inteiro mexendo na boca das pessoas, e ele ganha mais ou menos isso, porque ele cobra mais ou menos isso.

Trazendo para o nosso negócio. Quando você fala: Ah eu trabalho com a Hinode. Sabe o que acabou de acontecer na cabeça da pessoa?

Ela automaticamente acabou de te comparar com todas as demais pessoas que ela conhece que trabalham com isso, e te encaixotou ali.

E o problema é que se ela tiver uma referência de uma pessoa que trabalha com isso, mas que não teve resultado, naquele momento ela vai te encaixotar ali e já pensar que você também não tem resultado.

Mas Fellipe, e como é que eu resolvo isso?

A boa notícia é que existe uma técnica baseada em uma estratégia utilizada pelas maiores empresas do mundo que você pode começar a utilizar hoje. Essa estratégia está baseada em algo que chamamos de marketing de diferenciação.

A estratégia consiste em você definir:

  1. Seu público;
  2. O sonho deles;
  3. A dor deles;

Bom, eu vou dar um exemplo de como faço isso na prática para ficar bem claro para você.

Quando vou me apresentar para alguém eu falo:

“Olá, meu nome é Fellipe Morais. Eu tenho uma empresa onde eu ajudo pessoas que querem ter:

  1. Uma segunda fonte de renda. 
  2. A construírem um negócio altamente lucrativo.
  3. Sem correr riscos financeiros.

1 – Qual meu público?

  • Pessoas que querem ter uma segunda fonte de renda.

2 – Qual o sonho dessas pessoas?

  • Construírem um negócio altamente lucrativo.

3 – Qual a dor/medo das pessoas?

  • Correr riscos financeiros. Ou poderia colocar também sem fazer altos investimentos, por exemplo.

Com esse tipo de resposta o cérebro da pessoa não vai conseguir te encaixotar em nada que ele já conheça e além disso você acaba de acionar um gatilho mental, chamado gatilho da curiosidade, fazendo com o que ele fique louco para saber mais sobre o que você faz.

Eu espero que você use essa estratégia fortemente e nunca mais fique perdido na hora de se apresentar.

E aproveitando que está aqui, já deixe o seu like e duplique para toda a sua equipe para que eles também possam aprender com esse conteúdo.

Um forte abraço e até a próxima!

© copyright 2018 - Fellipe Morais

todos os direitos reservados

5 ESTRATÉGIAS PARA CRIAR UMA LISTA INFINITA DE CONTATOS

5 ESTRATÉGIAS PARA CRIAR UMA LISTA INFINITA DE CONTATOS

Nesse texto eu quero entregar a maneira mais inteligente, segura e rápida de construir uma lista infinita de prospectos e nunca mais ficar sem ter para quem apresentar a sua oportunidade de negócio.

Infelizmente já ouvi de centenas e centenas de pessoas que chegam pra mim e falam que ele já trabalhou toda a lista dela e que não tem mais pessoas para apresentar.

Porque isso acontece?

A verdade é que a maioria das pessoas acreditam que construir uma lista é simplesmente uma atividade, mas na verdade é uma habilidade que precisa ser aprendida e aperfeiçoada.

A boa notícia nisso que acabei de dizer é que possivelmente você construiu a sua lista usando apenas uma estratégia simples que você aprendeu quando entrou no negócio.

E felizmente, eu vou te apresentar 5 estratégias infalíveis que vão te possibilitar ter uma lista crescendo infinitamente.

A primeira estratégia que quero te ensinar é:

1 - Sempre Pedir indicação

Faça a pergunta você tem mais 1 minuto para me ajudar? E peça a ela a indicação das 5 pessoas mais empreendedoras que ela conhece.

Lembre-se que é muito importante você ressaltar a qualidade das pessoas que você busca, caso não faça isso ela poderá te passar os piores nomes que ela tem na lista.

Se perceber que a pessoa está te enrolando para passar os nomes, peça para ela abrir o whatsapp e passar o contato das últimas 5 pessoas que trocaram mensagens com ela. Provavelmente são as pessoas que ela mais tem relacionamento.

2 - Urnas em comércios

Faça um mapeamento na sua cidade dos estabelecimento que possam ser parceiros na urna:

  • Restaurantes
  • Salões de beleza
  • Academias
  • Lojas de roupas e calçados femininos
  • E outros

Ligue no estabelecimento procurando saber o nome do dono ou gerente do local, seu objetivo é somente saber o nome para na visita pessoal já chega perguntando pelo dono/gerente e falando o nome do mesmo, o que gera autoridade.

Faça a pergunta você tem mais 1 minuto para me ajudar? E peça a ela a indicação das 5 pessoas mais empreendedoras que ela conhece.

Lembre-se que é muito importante você ressaltar a qualidade das pessoas que você busca, caso não faça isso ela poderá te passar os piores nomes que ela tem na lista.

Se perceber que a pessoa está te enrolando para passar os nomes, peça para ela abrir o whatsapp e passar o contato das últimas 5 pessoas que trocaram mensagens com ela. Provavelmente são as pessoas que ela mais tem relacionamento.

Chegando no local e fale com o proprietário ou gerente, de um presente para ele (algum produto que tenha em seu estoque), diga que quer oferecer para as melhores clientes dele uma sessão de cuidados da pele ou spa facial.

Explique como é esse serviço e deixe claro que isso não gera nenhum custo nem para ele nem para as clientes. Ele deve retribuir lhe indicando suas melhores clientes.

Outra forma é fechar uma parceria que por 15 dias a 30 dias você deixará uma cesta de presente com produtos Hinode na recepção (entrada) do local e eles devem pedir para as pessoas preencherem a ficha para concorrer ao sorteio da cesta de produtos.

Ao final do período você vai ao local, abre a pequena urna que você deixou, faz o sorteio e entrega a cesta de presente para a pessoa sorteada.

Leve todas as outras fichas preenchidas para casa e ligue em menos de 48hs para todas as fichas oferecendo um momento de beleza com produtos Hinode.

Vou deixar aqui na descrição do vídeo um modelo da urna e da ficha e o link de onde você pode adquiri-la.

http://www.mariakriativa.com.br/combo_novos_contatos_hinodepraz_1_urna200_folhetos/prod-5526219/

3 - Puxe conversa

Seja relacionável. Pode parecer simples isso, mas para pessoas tímidas como eu, se você sempre ficar esperando que os outros puxam conversa com você, você perderá grandes oportunidades.

Portanto coloque como meta sempre iniciar uma conversa, está em uma fila de banco, no metrô, no ônibus, na academia, comente sobre a correria, sobre o clima, sobre futebol, sobre a notícia do momento, qualquer coisa que quebre o gelo e dê abertura para você se apresentar e dar sequência na conversa.

4 - Puxar conversa com as pessoas que te acompanham nas redes sociais

Essa estratégia é muito poderosa. Tem um grupo de pessoas que acompanham e curtem o que você faz no dia a dia e que, portanto, gostam muito de você.

Mas nem sempre sabemos identificar quem são essas pessoas. Só que as redes sociais são uma ótima ferramenta para isso. A minha dica é você abrir suas últimas publicações e verificar pessoa por pessoa quem curtiu suas publicações e puxar conversa com essas pessoas.

Lembre-se que antes de convidá-la você vai contactá-la se não sabe a diferença entre isso, assista o vídeo “Não convide ninguém no MMN sem antes saber disso”.

5 - Pesquisa com produto

Essa última estratégia é aplicável para pessoas mais desinibidas, que não tem receio em abordar pessoas na rua.

Temos um produto no nosso catálogo que é, simplesmente, o produto mais vendido do nosso portfólio, a luva de silicone. Este é um produto que chamamos de boi de piranha. Um produto de extrema qualidade, que todos devem utilizar e com um preço abaixo do mercado.

Essa técnica, basicamente, envolve você parar alguém na rua e fazer uma pesquisa com ela, acerca da qualidade do produto. É algo que dura menos de 2 minutos, bem rápido e efetivo. Para esse vídeo não ficar tão grande vou deixar aqui abaixo um PDF explicando o passo a passo da técnica.

Bom agora que você aprendeu essas 5 estratégias realmente coloque em prática e veja seu negócio ir para um próximo nível.

E se você gostou, compartilhe com sua equipe e marque aqui nos comentários outras pessoas que você quer que veja esse conteúdo.

Um abraço!

© copyright 2018 - Fellipe Morais

todos os direitos reservados

APRENDA ISSO E MUDE SUA VIDA

APRENDA ISSO E MUDE SUA VIDA

Fala meus queridos. Tudo bem?

Felipe Morais aqui.

E eu quero que você preste muita atenção, porque eu vou te ensinar, provavelmente, o maior aprendizado que tive na minha vida.

Pra que você entenda o quanto isso que eu vou te falar é importante.

Se hoje, meu filho nascesse e tivesse a oportunidade de dar somente um conselho para que conseguisse ter uma vida totalmente fora da média eu diria o que te dizer agora.

Mas, para te contar esse aprendizado eu preciso te contar uma história.

Eu sempre fui um bom aluno. Eu me lembro que na oitava série, como eu estudava em escola pública, fiz uma prova para concorrer a uma bolsa e poder estudar em uma escola particular e lembro que fiquei entre os primeiros colocados, conseguindo assim, um desconto na mensalidade. Lembro também de nunca ter ficado em recuperação em nenhuma matéria.

Porém isso foi até a conclusão do ensino fundamental. Porque quando fui para o ensino médio eu mudei de cidade e fui estudar em outro colégio.

E no primeiro e segundo ano do ensino médio, eu deixei de me dedicar aos estudos. Lembro que no auge do meu descaso com os estudos, ao invés de colocar cadernos e livros na mochila eu colocava um travesseiro para poder dormir em sala de aula.

Só que no final do segundo ano, tudo mudou. Eu fiz uma prova de pré vestibular e fui muito mal, e, definitivamente, eu não queria sacrificar os meus pais para pagarem uma faculdade particular pra mim.

Então decidir mudar. Pedi para o meu pai me matricular em outro colégio, e no terceiro ano iniciei os estudos em um colégio que eu não conhecia praticamente ninguém.

Ao chegar na nova turma, cheguei decidido a saber quem eram os alunos mais estudiosos da sala porque eu queria sentar ao lado deles. Naquele ano eu decidi que eu faria amizade somente com quem estivesse decidido a também passar no vestibular em uma universidade pública.

E porque estou te contando essa história?

Porque talvez, você, assim como eu naquela época do ensino médio, esteja colhendo os piores resultados que já colheu na vida e não sabe exatamente o porque isso esteja acontecendo.

Isso simplesmente acontece por algo que dois cientistas americanos, descobriram no livro “O Poder das Conexões”.

Eu não li esse livro quando decidir mudar de colégio e me associar aos melhores alunos da turma no terceiro ano, eu acabei fazendo isso de forma intuitiva.

Mas hoje depois de anos estudando sobre alta performance eu descobri que o meio que você vive influencia drasticamente em seus resultados.

Nesse livro, os autores, depois de pesquisarem durante 25 anos o convívio social todos os habitantes de uma pequena cidade dos EUA, descobriram que, pasme, seus amigos influenciam em 51% os seus resultados.

Ou seja, se você tem amigos que são obesos, você tem uma probabilidade extremamente elevada de também ser obeso. Da mesma forma, se os seus amigos são prósperos você tem grandes chances de ser próspero.

Só que não para por aí, eles descobriram também que os amigos dos seus amigos influenciam em 25% os seus resultados.

E que em terceiro grau, os amigos, dos amigos dos seus amigo, ou seja, pessoas desconhecidas por você, influenciam em 10% os seus resultados.

Eles nomearam isso de contágio social. Talvez você já tenha ouvido a frase: você é a média das 5 pessoas que mais convive, baseada nesse estudo científico, essa frase nunca fez tão sentido como faz agora.

Portanto, a lição que quero que você leve para sua vida é: se quiser ter resultados diferentes você terá de se associar a pessoas diferentes.

E isso vale para qualquer área da vida: profissional, financeira, amorosa, espiritual.

Se você sempre é o cara mais inteligente da mesa, você está sentado nas mesas erradas.

Mas, talvez você possa estar se perguntando: Felipe, eu não tenho acesso a essas pessoas, como posso me associar a elas?

Se você hoje não tem condição de estar na mesa das pessoas que mais admira, procure se conectar com elas da maneira que está ao seu alcance, seja estando nos eventos, através dos seus livros, escutando os seus áudios e vendo vídeos como esses.

O importante é estar conectado com a “mente” e “pensamentos” de quem admira.

Em outras palavras, estar vibrando na mesma sintonia.

Assim você será 1 com seu mentor.

E a grande mágica do ciclo do sucesso acontecerá.

Você começará a pensar como alguém que tem sucesso, isso te levará a ter sentimentos e ações de quem tem sucesso e por fim te levará a ter os resultados de uma pessoa de sucesso!

Se esse conselho fez sentido para você, deixe o seu like e marque aqui nos comentários quem você acredita que também precisa ver essa mensagem, não se esqueça de duplicar para toda a sua equipe para que eles também possam aprender com esse conteúdo.

Um forte abraço e até a próxima!

© copyright 2018 - Fellipe Morais

todos os direitos reservados

4 TÉCNICAS PARA TIRAR SEU TIME DA ZONA DE CONFORTO SEM SER CHATO

4 TÉCNICAS PARA TIRAR SEU TIME DA ZONA DE CONFORTO SEM SER CHATO

Nesse texto eu quero te revelar às 4 técnicas mais simples, rápidas e poderosas para fazer o seu time sair da zona de conforto e começar a produzir como você sempre sonhou, sem correr o risco de se tornar um líder chato e ainda ter que ficar cobrando todos os dias.

Mas antes… deixa eu te contar uma história que me fez descobrir na prática o que eu vou te ensinar até o final…

Em setembro de 2014, eu e mais umas 50 pessoas do Grupo Hinode viajamos para Punta Cana. Essa era a viagem prêmio do patamar de duplo diamante da companhia.

Essa era a terceira viagem que fazia pela empresa, e foi extremamente incrível. Pois foi a primeira viagem internacional, então tivemos que tirar passaporte, comprar dólares, pegar um voo longo, ir para um país que não falava outro idioma, onde a comida era diferente e tudo mais.

Como em toda viagem de empresa, tivemos uma reunião com todos os presentes. Nessa reunião, todos prometeram que iriam estar juntos na próxima viagem, que era a viagem de triplo diamante, na Disney, no EUA, dali há 7 meses.

Quando voltamos para casa, confesso que entrei numa zona de conforto muito grande. Pois como duplo diamante, minha vida já tinha mudado bastante.

Então acabei focando no que estava desfrutando naquele momento do que no que poderia desfrutar se aproveitasse o momento e trabalhasse ainda mais forte.

O tempo foi passando, passando e passando e no mês de março de 2015, há 2 meses da viagem dos Triplos Diamantes, meu patrocinador me liga e fala algo que me tirou da zona de conforto e fez eu me mover como nunca tinha me movido!

Ele disse: cara não acredito que eu vou para a Disney sozinho, você deu sua palavra de que também estaria lá com os demais e se você não correr, você vai sair dessa turma, e só vai na turma do ano que vem, com pessoas que talvez você nem conheça.

Aquilo entrou como uma flecha no meu coração. Ele foi extremamente sagaz, porque ele usou uma das técnicas mais poderosas que você como líder pode usar para mover seu time.

Fellipe, que técnica é essa?

Calma que já vou falar. Antes quero que você entenda que talvez você não esteja ‘‘apertando o botão certo’’ do seu liderado.

1 - REFORCE O QUE ELE ESTÁ PERDENDO E NÃO O QUE ELE ESTÁ GANHANDO

Aprendi há muito tempo que as pessoas têm mais medo de perder do que vontade de ganhar, portanto, ao invés de falar de quão incrível pode ser ele estar na Disney com a família, por exemplo, frise que se ele não se qualificar ele ficará de fora daquela experiência com os amigos e que fazer a viagem sozinho não é a mesma coisa.

2 - SENSO DE EXCLUSIVIDADE

A segunda técnica que você pode usar para mover seu time é criar o senso de exclusividade.

Por exemplo, você pode ter um grupo no whatsapp só os másters e acima do teu time, ou só com o patamar tal.

Você pode promover treinamentos e materiais exclusivas para os ativos, ou para os VIP 600. Ou para quem recrutar 2 pessoas até o dia tal, por exemplo.

3 - RECONHECIMENTO

As pessoas ficam nesse negócio por resultado, relacionamento ou reconhecimento. Portanto, se quiser ver seu time produzindo mais, reconheça constantemente.

Faça um flyer para todos os VIP 600, para os top vendedores, para os top recrutadores etc.

4- CONCORRÊNCIA – RANKING

E a quarta técnica está baseada em uma premissa minha: CROSSLINE CRESCE, QUANDO CROSSLINE CRESCE.

Portanto, se você quer ver seu time crescer, mostre para todos que tem alguém ali entre eles crescendo, jogue luz em quem está se destacando.

Uma ideia é você criar um Ranking, atualizável a cada 2 dias, por exemplo, onde você somará a pontuação pessoal da pessoa com a pontuação dos combos que ela recrutou diretamente a ela, por exemplo, a pessoa fez 600 pontos pessoais e recrutou um combo top, ela tem 1.800 pontos no ranking.

Faça um flyer com a foto das 5 primeiras pessoas do ranking e promova forte nos grupos do whatsapp. Acredite em mim, isso é tremendo.

Bom, agora que você já aprendeu essas 4 técnicas altamente simples e poderosas para o seu negócio eu quero te propor um desafio.

Faça isso com energia e consistência durante 21 dias e me fale como evoluiu o seu resultado e de todo o seu time.

Eu tenho certeza que você irá se surpreender com isso.

Não esqueça de deixar o seu like nesse vídeo e duplicar para toda a sua equipe e líderes que também possa aprender com esse conteúdo.

Um forte abraço e até a próxima!

© copyright 2018 - Fellipe Morais

todos os direitos reservados